Estamos vendo lições importantes sobre a vida e a história de Naamã um grande chefe do exercito da Síria (outrora inimigos do povo de Israel) que era um sucesso no que fazia, porem um fracasso como homem, não somente por ser leproso, mas porque escondia por trás de sua lepra um homem arrogante, acostumado as condecorações, e que precisou passar pelos batismos de Deus para ser totalmente regenerado.II Reis 5:1 a 19

Naamã era um homem que apesar de não servir a Deus, já estava listado no caderninho de Deus. No versículo 1 do capitulo 5 o autor descreve que apesar de Naamã não servir a Deus, Deus já havia lhe ajudado. Isso prova mais uma vez que o que fazemos não pode mudar os pensamentos de Deus ao nosso respeito.

Uma das coisas importantes e que foi determinante na sua cura, é que Naamã reconheceu que precisava de ajuda. Ou seja, apesar de muitas vezes acharmos que faríamos melhor sozinhos, necessitamos entender que nunca chegaremos a lugar nenhum se estivermos sós, sempre dependeremos de alguém para chegar ao topo, mesmo que seja alguém que nos trouxe experiências negativas, essas experiências nos incentivaram a não desistir, sempre haverão pessoas que serão ferramentas úteis para a chegada ao sucesso. Um homem como ele, que havia conquistado o carinho e a total confiança de seu rei, precisou engolir muito sapo pra pedir ajuda fora de suas terras.

Vimos no 1º mergulho que Deus já havia estabelecido o propósito de afundar de uma vez o orgulho do grande comandante, porque ao vencer seu orgulho indo procurar ajuda de um antigo rival, e o preconceito de lavar-se em um rio sujo e que acima de tudo não estava em suas terras, mais uma vez o homem prova que ao descer de sua posição para obedecer a Deus e estar na sua total dependência, temos o sucesso garantido.

No 2º mergulho, começa a aumentar em grande potencia algo que tem paralisado a muitos, que é a DUVIDA. Imagino que nessa altura do campeonato não era pequena a duvida no coração de Naamã sobre a eficácia de seu tratamento. Nessa época não havia tratamento para a lepra, a providencia tomada para os leprosos foi construir uma cidade bem longe do alcance de todos, para que pudessem viver de maneira solitária até sua morte. Morte que para quem era escravo dessa doença não era o pior e sim uma esperança de alivio. Se você ler o capitulo 7 no versículo 4 do livro de II Reis. vemos o relato de alguns leprosos que planejam entrar na cidade, sobre seu raciocínio que se morressem assassinados ou pela doença era a mesma coisa, isso mostra o pensamento de alguém que era escravo que encarava a morte como alivio.

Não é pecado duvidarmos da palavra de Deus, o que é pecado é não obedecer. Muitos são os relatos de grandes homens de Deus que duvidaram da promessa de Deus, porem desses que duvidaram somente os que perseveraram alcançaram a concretização dessa promessa. Ou seja eu posso duvidar, mas se eu quero que as promessas se cumpram o que eu não posso fazer é não obedecer.

Cansar e desanimar é justo para os que estão na batalha, o que não se pode fazer é desistir. Eu tenho direito de querer arriar a cruz, o que eu não posso é abandona-la. No evangelho de Marcos 8:34 Jesus da as cartas, e as condições para os que desejam seguir. Aquele pois que quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me. Jamais ele disse que seria fácil, porem, podemos ter a confiança do que diz sua palavra de que ninguém tem o fardo maior do que possa carregar.

Creio que a atitude de Elizeu revela o desejo de Deus de submergir a velha criatura de Naamã, fazendo ressurgir um novo homem não somente físico porem espiritualmente com pele de criança. Os mergulhos de Naamã tiveram uma transcendência poderosa em sua vida. Cada um dos mergulhos provaram não somente uma atitude de fé na palavra do profeta, mas também de confiança em um propósito divino.

A duvida rouba a fé, e mina as esperanças. Quando duvidamos do nosso propósito, das promessas de Deus e da eficácia da igreja de Cristo na terra, em pouco tempo estaremos vivendo a escassez e solidão. Como vimos outrora, Moises diante do mar da duas ordens aquietai-vos e vede. Tudo porque o que falamos esta diretamente ligado ao que cremos. A bíblia diz que a boca fala do que o coração esta cheio. E tudo na nossa vida esta ligado aquilo que cremos. Você é o resultado de sua fé. Jó declara aos seus amigos que sabia em quem cria. E nós cremos o suficiente na palavra de Deus para lançar-nos em seus braços com as luzes apagadas?

Quando você começa a crer de todo o coração que você é um fracassado, tudo o que você faz fracassa, porque você é o resultado daquilo que você crê.
Naamã tinha dinheiro e influencia, capazes de materializar o sonho de qualquer sonhador, porem, estava diante de uma situação constrangedora tendo que se submeter a palavra de um homem que praticamente o humilhou ao nem sequer se dar o trabalho de encontrar-se com surpreendentemente famoso comandante, do exercito da Síria.

Vencer os fortes exércitos no decorrer de sua vida foi difícil, porem seu maior desafio foram os 7 mergulhos. Primeiro ele vence a si mesmo, depois, vence sua duvida. Imagine o que ainda haveria de vir. Todavia faltam 5 mergulhos. Qual será o propósito de Deus em tudo isso?
Nossa historia ainda não acabou, se vivo estamos, algum propósito ainda há de ser revelado a nós. Prepare-se pois os 5 mergulhos ainda nos trarão grandes lições.

About these ads