Neemias 2: 1 a 5 – 18 a 20

Jerusalém estava sendo assolada mais uma vez. O povo novamente havia se afastado de Deus fazendo com que suas vidas ficassem a própria sorte. E mais uma vez Deus revela sua misericórdia levantando um homem chamado Neemias para restaurar essa nação.

Neemias, cujo nome significa “Deus Consola”, era servo judeu do rei persa Artaxerxes (Longímano). Era copeiro do rei. E esta era uma posição de grande confiança e honra, e desejável, pois dava acesso ao rei em ocasiões em que este estava de espírito alegre e disposto a conceder favores. Entretanto, Neemias era um daqueles fiéis exilados que preferiu Jerusalém acima de qualquer “causa de alegria”assim como o salmista escreve em (Sal. 137:6).

Não era posição ou riqueza material que ocupava o primeiro lugar nos pensamentos de Neemias, mas, antes, a restauração da adoração de Deus.

Neemias tinha um sonho: “reconstruir os muros de sua nação”. Pois uma nação sem muros é uma nação sem dono.

Todos nós temos sonhos, e tomamos decisões em nossas vidas baseado nos sonhos que temos. “Sonho é a imagem mental das coisas como serão que hoje não são”. E muito desses sonhos acabam se transformando na visão do propósito de Deus para nossas vidas.

Uma visão sempre nasce de uma necessidade e traz maior importância aos detalhes da nossa vida. Ou seja , quando começamos sentir a rotina pesando sobre os nossos ombros e sentimos a necessidade de uma mudança, na verdade estamos gerando em nosso ventre espiritual uma visão acerca do propósito de Deus.

Neemias queria reedificar os muros de sua nação porque os muros representam segurança espiritual, política e física.

Ou seja a nação que tivesse um muro grande e bem resistente dizia as outras nações acerca de seu deus, seu estado político e seu estado físico.

Uma nação que se volta contra Deus perde sua segurança e sua moral. Uma nação sem muros é uma nação frágil e vulnerável.

Observe no livro de I Reis 18:30 quando o profeta Elias vai anunciar ao rei Acabe acerca do que Deus lhe havia falado sobre o fim do tempo da seca. Elias desafia 850 profetas de Baal, e antes de matar os profetas que estavam assassinando os profetas de Deus, Elias desafia o povo a que definissem sua fé. Depois de desafiar os profetas de Baal, e o povo, Elias antes de orar pedindo fogo dos céus, restaura o altar.

Elias sabia que a presença de Deus não poderia se manifestar em um lugar de altares quebrados.

Muitas vezes não vemos a manifestação de Deus em nossas vidas porque nossos altares estão destruídos e nossas vidas desprotegidas porque estamos sem muros.

Neemias assim como Elias queria restaurar mais do que altares e muros, Neemias queria restaurar a fé de seu povo em Deus, e por sua vez, quando a fé desse povo estivesse restaurada, Deus se manifestaria novamente a essa nação.

Não há milagres sem restauração, não há como enxergarmos o mover sobrenatural de Deus se nossa cidade (nossa vida) esta vulnerável aos ataques do inimigo.

Se nossa cidade não tem muros logo por sua vez, não tem dono. E não tendo dono, logo, essa cidade é vulnerável e se torna um atrativo para o inferno.

A única coisa que o diabo espera de nós, é a brecha que podemos abrir com ações ou palavras para que ele tenha legalidade sobre a nossa vida.

A palavra de Deus diz: Sujeitai-vos pois a Deus, resisti ao diabo, e ele fugira de vós (Tiago 4:7)

Muitas vezes não alcançamos as vitorias, porque outrora demos legalidades a satanás para que ele domine.

Por exemplo, relacionamentos mal resolvidos, obras inacabadas, ou até mesmo musicas que ouvimos ou novelas e filmes que assistimos ou sites que navegamos que não nos edificam em nada, palavras de maldições que recebemos, e decidimos crer mais nessas palavras que na palavra de Deus. Todas essas coisas dão legalidades a satanás.

Muitas vezes Deus quer nos abençoar porem Ele encontra fortalezas em nossas vidas que impedem o agir de Deus. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo; II Coríntios 10: 4 e 5.

E é exatamente isso que Deus quer fazer esses dias. Dar-nos armas poderosas para destruir fortalezas e reedificar os altares quebrados e muros destruídos que impendem os milagres em nossa vida.

Os milagres acontecerão a medida que nossos muros forem reedificados.

Não sabemos quanto tempo levara mais reedificaremos os muros e voltaremos a ver os milagres de um Deus poderoso.

About these ads