Retornando ao caminho de milagres

II Crônicas 7:14

Salomão estava radiante. Esse era o maior dia de sua vida, possivelmente o maior da história de Israel. O templo, o tão almejado templo, a visão de seu pai Davi, o sonho de seus ancestrais, o templo de Israel finalmente estava terminado.

O trabalho de 70 mil operários, 80 mil cortadores de pedra, e 3600 feitores, estava concluído. A arca da Aliança repousava no Santo dos santos. Do altar de ouro as cortinas tecidas a mão, tudo como se havia sonhado, estava pronto, mas faltava a presença de Deus.

No capitulo 6 vs. 41 o rei de Israel solicitava a presença do Rei do universo, e Deus imediatamente responde a oração de seu servo. A presença de Deus se fez no templo, as pessoas se prostraram adorando. Então Salomão voltou ao eu palácio possivelmente antecipando um descanso merecido e muito bem-vindo. Salomão tinha terminado o templo mas Deus ainda não havia terminado com Salomão.

Na privacidade dos aposentos reais, Deus falou novamente então o rei compreendeu a fragilidade da fé das pessoas, a validade de suas motivações ele sabia que a justiça de Deus não descansa para sempre. A amnésia nacional destrói nações. Esqueça de Deus e você pagara um alto preço.

Deus da uma conotação muito forte quando diz MEU POVO, Ele toma para si a responsabilidade de haver nos criado, ele sabe como somos, e nunca se surpreendera com o nosso pecado e com a nossa debilidade. E é por esse motivo que ele nos convida a tomar o rumo, e andar no caminho seguro porém não confortável que ele preparou pra nós, o caminho do arrependimento.

Você não pode mudar a cabeça de seu professor, ou manter atenção de seu cônjuge, mas esteja certo de uma coisa, quando você ora, Deus te responde. Temos o incrível privilégio de ter acesso ao centro de controle do universo e simplesmente decidimos não recorrer a Ele.

O crente sábio entende que na hora da luta em vez dele agir ele pede que Deus aja. Em vez de ascender ao trono do poder devemos subir ao monte da oração. Lembre-se que Deus não é tocado por homens em pé mas por homens ajoelhados. O que será que pode acontecer se o povo de Deus deliberadamente, estrategicamente intensamente, elevasse esse pais a Deus em oração.

Deus não esconde sua face muito pelo contrario Ele a expõe para que possamos conhecê-la. Simplesmente Ele nos convida a retornar para ele, confessar nossos pecados, expor à ele que não temos medo de sua correção, e que confiamos no seu amor, inclusive quando pecamos. Nossa vitória esta a um passo, passo de uma atitude voluntária de render-nos à Ele.

Aprenda que a arrogância aponta o dedo para o problema tentando achar um culpado, mas a humildade aponta o dedo para si mesma e admite ser parte do problema.

Não reclame de algo que você outrora deu permissão para acontecer. Se a igreja está com problemas quer dizer que nós somos os problemas. Nossas atitudes e nossa maneira como enxergamos a vida tem trazido problemas.

Desordem é sinônimo de problemas. Miséria, comodismo, falta de fé são sinônimos de problemas. Deus espera que mudemos de atitude em relação ao seu reino, que ao invés de buscarmos uma igreja perfeita possamos ser uma igreja perfeita. A resposta de Deus é a mesma hoje, como foi no templo de Salomão.

Deus simplesmente nos convida a voltar. Voltar da auto-promoção para a promoção de Deus (que se chama pelo meu nome), a voltar da auto-confiança para a dependência de Deus (se humilhar e orar), a voltar para a direção de Deus (e procurar a minha face), a voltar da transferência de culpas para o arrependimento (se afastar dos seus maus caminhos), para só aí então Deus possa curar a terra, a com certeza nossa terra será curada a medida que voltarmos para Deus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s