Eu sou daqueles que nunca desistem

Atos 12: 1 a 16
Veja a situação: Herodes persegue e tortura os seguidores de Cristo, mata Tiago e prende a Pedro, a igreja estava cada vez mais acuada. Herodes parecia um inimigo invencível. A situação ameaçava a existência da igreja. O mal parecia estar no controle da situação.
Mas como o próprio Pedro escreve em uma de suas cartas (I Pe 3.12) “Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos às suas orações”. Tudo parecia perdido, todo esforço de pregar o evangelho a todos parecia estar indo por água abaixo, se não fosse por uma atitude de um povo que foi sacudido pelo poder da cruz. A igreja ao invés de recuar, avança, mas não em pé, e sim de joelhos.
A igreja entende que o que move os céus em situações difíceis na terra são soldados ajoelhados. Pedro seria executado depois da festa da Páscoa. Mas havia oração da igreja em seu favor. Quando a igreja ora, os céus se movem. Quando a igreja ora, as estratégias se perdem. Quando a igreja ora as portas da prisão são abertas e os servos de Deus são libertos. A igreja não é uma instituição e sim um corpo. Através da igreja Deus estabelece seu reino na terra.
Pedro está preso, mas está confiante. Não porque a situação era favorável, mas porque ele confiava no Deus que conhecia, e na medida em que ele O conhecia mais ele confiava, por isso Pedro dorme (vs 6). A prisão é de segurança máxima, não a favor de Pedro e sim contra ele, para o governo Pedro era o perigo. Pedro está preso com cadeias nas mãos. Doze homens fortemente armados garantem que não haveria fuga. Nenhum mover natural poderia reverter a situação. Então, Deus usa um meio extraordinário. Envia um anjo à prisão e este acorda Pedro, quebra suas cadeias e tira-o do cárcere. O portão de ferro, trancado com grossas correntes, é aberto automaticamente e Pedro se vê livre das mãos do inimigo, e tudo “porque os ouvidos de Deus estão abertos às súplicas do seu povo” (1Pe 3.12). Ninguém detém os passos de uma igreja que ora. Nenhum poder na terra pode prevalecer sobre uma igreja que experimenta o poder de Deus através da oração. O poder de um crente não esta em uma reação diante das pessoas, mas na intimidade de uma oração.
Veja que não somente Pedro foi liberto pelo poder da oração da igreja, como o rastro de Pedro foi apagado impedindo seu inimigo de encontrá-lo novamente (vs. 19). Quando um crente se submete à presença de Deus por meio da oração, seu rastro é apagado, o cheiro de carne desaparece impedindo o predador de encontrar-nos como presa. Salmos 124: 6 e 7 “Bendito seja o SENHOR, que não nos deu por presa aos seus dentes. A nossa alma escapou, como um pássaro do laço dos passarinheiros; o laço quebrou-se, e nós escapamos.”
Oração não é somente crer nas promessas de Deus, e sim tornar-se parte delas. A oração muda a atitude de um Deus imutável, somente pelo fato de que quando oramos nos submetemos a vontade de Deus. O apóstolo Paulo nos aconselha em Romanos 12: 12: “alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverais na oração;”
O maior desejo de Deus não é ver-nos derrotados, mas vitoriosos, porém Ele não entregará vitória para qualquer um, somente para os que perseveram. O segredo da vitória é a PERSEVERANÇA. A palavra perseverança no dicionário tem o seguinte significado. “perseverança -sf (lat perseverantia) Qualidade de quem persevera; constância, firmeza,”
Deus está buscando em seus filhos constâncias em todas as áreas. Constância de humor, de fé, de convicção. Não há vitórias para inconstantes. Pedro podia dormir porque desde que sua vida havia sido afetada pela presença de Deus, jamais ele mostrou inconstância em suas convicções e em sua fé. Por isso podia dormir mesmo em situações como as que ele estava passando. O fato é que quando conhecemos a Deus sabemos que tudo o que Ele fizer será para o nosso bem, pois os que O conhecem sabem que Ele sempre terá ao nosso respeito pensamentos de bem e não de mal, para levar-nos ao fim proveitoso (Jeremias 29:11) .
Quando um filho de Deus se mostra confiante na prova, a glória de Deus o toma (vs. 7).
Por isso se nesse dia, ou nessa semana ou nesse mês, passou por sua cabeça a idéia de desistir de tudo, por causa das situações que ao invés de melhorar só pioram, ou se você há anos tenta se livrar de algum pecado e não consegue, ou mesmo se suas forças já se perderam no caminho, creia que em ti habita o Emanuel, e enquanto Ele habitar em ti, o Poderoso Deus, sempre estará contigo, Ele é maior que seus problemas, e que as suas dificuldades. Deixe seus problemas serem os problemas de Deus (Salmos37:7). Abandone sim, a idéia de desistir, pois desistir não é pra você, pois não te cai bem desistir. Sua hora vai chegar, não permita que o desânimo tire suas forças ao ponto de você desistir. Entenda que por mais problemas que você possa passar Deus sempre estará disposto a se manifestar de maneiras sobrenaturais a você. E acima de tudo tenha a convicção do que disse Paulo II Coríntios 4: 8-10 “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s