Sua sorte será mudada

Jó 42: 1 a 6 , 10
O relato da história de Jó talvez seja um dos mais impressionantes do antigo testamento. Como todos já sabem, o livro começa com satanás usando Jó para desafiar a Deus.
Esse é o único plano de satanás até os dias de hoje, fazer com que a criação se volte contra o Criador. O maior desejo dele é que Deus se frustre ao ver que em toda terra não há adoradores de Deus.
Quando Jesus diz à samaritana em João 4:23 que a hora vem em que os verdadeiros adoradores começariam a aparecer na verdade Ele estava dizendo que ainda que o diabo faça tudo para que haja adoradores contaminados pela fama, pelo dinheiro e pela cobiça; através da nova aliança se levantaria uma nova raça de adoradores: OS VERDADEIROS.
Ou seja, Jesus estava dizendo que os falsos e os religiosos adoradores se tornariam mais expostos com a presença dos verdadeiros. O falso sempre se torna mais evidente quando está perto do verdadeiro.

A história de Jó mostra a Jó que por mais que ele servisse e amasse a Deus ainda existiam coisas em sua vida que ocupavam o lugar do trono que somente poderia pertencer a Deus.
E o mais curioso de tudo é que Deus confia tanto em Jó que aposta todas as suas fichas nele.
Jó perde tudo o que tinha. Seu sustento, sua saúde e com certeza a maior perda, seus filhos, porém a coisa mais preciosa que Jó possuía não lhe foi tirado que eram as marcas da presença de Deus em sua vida. Ele teve que perder tudo para que ele pudesse enxergar que Deus era a única coisa que ele tinha.
Um homem muito rico que tinha tudo agora assiste sua decadência. Imagine todos os jornais e TVs da época que não tinham outro assunto, falando apenas da grande queda de um dos homens mais ricos da época. Se fosse nos dias de hoje, talvez certos programas levariam especialistas para tentar entender o motivo de tanta desgraça. Ou até mesmo levariam os três amigos de Jó, e a esposa de Jó para juntos com os telespectadores tentar entender o motivo de tamanha provação. É realmente assustadora a idéia de que em um momento você pode ser o possuidor de uma felicidade sem tamanho e logo em seguida você se torna parte de uma história de muita dor e sofrimento.
Por mais que tentemos, muitas vezes quando estamos nas provas, a coisa mais difícil talvez não seja nem passar pela prova, mas sim entender os porquês. São esses porquês que nos atormentam nos dias das provas. Usamos nossa “vida justa” para cobrar de Deus respostas imediatas aos nossos problemas e muitas vezes além de não obtermos as respostas que gostaríamos, ainda assistimos de camarote nossa queda.
O fato é que Jó perdeu tudo e de algum modo estranho duas coisas foram as chaves do motivo do sofrimento e da virada que Jó deu em sua vida.
A primeira chave de tudo o que Jó estava passando, foi seu medo. O medo de Jó habilitou seu caos (Jó 3:25).
Muito provavelmente o medo de Jó não era algo que estava escondido, até porque geralmente quando temos medo de alguma coisa podemos esconder até certo ponto, porém quando estivermos diante da simples ameaça da manifestação daquilo que tememos então logo todos percebem nossos mais profundos temores. Satanás se aproveitando dessa situação manifesta na vida de Jó seus piores temores.
O medo pode vir de traumas que tivemos no passado, ou da expectativa do inesperado no futuro. De qualquer forma, o fato é que o medo simplesmente nos paralisa.
Em I Samuel 17:11 não apenas Saul, porém todo o exército e o povo temeram as ameaças de Golias, ao ponto de ficarem 40 dias paralisados escutando os terríveis desaforos do gigante.
Porém homens e mulheres que estão alinhados com Deus percebem os sinais dos milagres antes das outras pessoas, e não dão espaço para o domínio do medo.
Não é que quem anda com Deus não tem medo. Apenas quem anda com Deus não permite que o medo domine a situação ao ponto de ficar em um estado de paralisia.
A chave para a virada na vida de Jó porem foi a mudança na visão que tinha de seus “amigos”. Esses três homens não foram péssimos amigos. Ao invés de consolar, eles acusaram, ao invés de levantar, eles afundaram ainda mais.
Porém eles eram a chave para que Jó tivesse sua vida mudada.
No versículo 10 do capítulo 42 diz que Deus muda a sorte de Jó enquanto ele orava por seus “amigos”.
Ou seja, muitas vezes a chave para que nossa vida sofra uma mudança está em ajudar pessoas improváveis. Pessoas que normalmente não ajudaríamos pelo simples motivo de não merecerem. A chave para se ter uma vida abençoada é muitas vezes semear no improvável.
Porém o mais poderoso desse capitulo é a resposta de Jó a Deus, depois de questioná-Lo tanto Jó teve que parar pra ouvir a resposta de Deus que começa no capitulo 38 e no versículo 4 Deus derruba as convicções de Jó. “Onde você estava quando criei o mundo?” Jó foi vencido por Deus, todas as suas falsa convicções, seus egoísmos, suas vaidades, são vencidos por Deus, e Jó então começa a desfrutar da verdadeira felicidade do homem que é conhecer em intimidade ao seu Criador. Deus se dá a conhecer. Cabe a você escolher ter uma atitude de “filho mimado” ou simplesmente parar de fugir do propósito que Deus escolhe pra você e se tornar uma poderosa arma nas mãos de Deus para abençoar pessoas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s