Reconstruindo os muros 9o dia

Neemias 2: 1 a 6

Neemias quando vai falar com o rei não apenas tinha a oportunidade a graça e o favor de Deus como também tinha a estratégia para apresentar ao rei. A pergunta que devemos nos fazer quando temos um sonho é:

Se eu tivesse o recurso, o tempo e a formação adequada para realizar esse sonho o que eu faria? Vimos os 7 passos do planejamento de Neemias:

1º Passo – Convencer o rei para que ele pudesse deixar seu serviço (sem perder seu emprego) a fim de reconstruir o muro que rodeava a cidade que anos atrás era uma ameaça militar ao reino de Ataxerses.

2º Passo- Convencer o rei para que ele apoiasse economicamente seu projeto.

3º Passo- Conseguir que o rei escrevesse cartas para os governantes vizinhos pedindo passe livre pelo caminho até Jerusalém.

4º Passo- Chegar a um acordo com Asafe, o encarregado do bosque do rei, para conseguir a madeira necessária para as portas da cidade, e para uma casa para si.

5º Passo- Pedir ao rei que o promovesse a rei de Judá

6º Passo- Organizar e equipar os moradores de Jerusalém

7º Passo- Somente depois de tudo concluído começar a construção

“A oportunidade sem a preparação é uma oportunidade perdida”

Depois de orar e planejar Neemias sabia que não seria nada fácil levar até o fim pois toda visão tem um preço.

O preço de uma visão:

“Toda visão que vale a pena traz consigo riscos e vai exigir sacrifícios”

Em algum momento determinado da vida onde estamos perseguindo um sonho ou uma visão, teremos que abandonar a realidade e segurança do presente para desfrutar de um futuro muito melhor em potencia.

Toda visão tem um preço que pagar, este preço vem sozinho e não é imposto por ninguém. O preço geralmente envolve sacrifícios que provavelmente levarão para a saída de nosso conforto e cobertura. É necessário deixar em algumas vezes a família para abraçar o incomodo e o desconhecido, lançando-se em fé na escuridão de uma promessa feita por Deus, tendo apenas a garantia de sua promessa. O medo nos afasta do desconhecido e nos aconselha estar no lugar onde estamos confortáveis. Imagine viver uma vida sem medos. Ou imagine viver um dia ou apenas uma hora de seu dia sem ter medo de algo.

Em uma visão os riscos e os sacrifícios são inevitáveis.

O medo de sair da comodidade e retroceder abre a porta do fracasso.

Se o preço nos faz retroceder em alguma área da nossa vida, então esse medo é o responsável por abrir as portas do fracasso.

Adão e Eva quando permitiram que a semente da duvida lança por satanás, caísse em seus corações, tiveram medo de que Deus lhes estivesse escondendo algo que eles ainda não tinham, e por causa desse medo que gerou a duvida acerca do que Deus tinha dito, eles pecaram, e depois de pecar eles descobriram que receberam de brinde ainda mais medo ao ponto de se esconderem de Deus. O medo te leva a pecar, e após o ato do pecado se amplia te fazendo se esconder do amor e da graça de Deus.

Se em qualquer situação retrocedermos por medo do fracasso, ninguém vai nos seguir, ninguém quer seguir alguém que esteja com medo diante das situações difíceis e temerosas.

Primeiro as pessoas aceitam o líder e não uma visão, elas observam o quão comprometido esta esse líder com esta visão pra depois aceitar essa visão. E como sabemos ninguém executa uma visão sozinho, Neemias sabia que sozinho não levantaria os muros e nem reconstruiria as portas de sua cidade. Ele precisava que mais pessoas abraçassem sua visão e o ajudasse a realizar seu projeto.

“A incerteza de um líder sempre será maior em seus seguidores”

Se há neblina no púlpito, vai haver neblina na igreja

A visão exige valor e firmeza, estas duas palavras tem que estar presente em nossas vidas, em nosso caráter e em nossa personalidade.

Existem 2 maneiras de se lançar em uma visão

1º Como um patinador inexperiente sobre o gelo: Se lançando devagar, e muitas vezes se segurando nas barras de segurança.

2º Como um paraquedista: Este não tem opção, tem que se lançar de uma vez. Essa maneira de se lançar é o que realmente nos levara ao êxito de uma visão, é a que nos faz passar pelos riscos com valor e firmeza.

“As visões não se convertem em realidade enquanto não há alguém disposto a se lançar”

A entrega a uma visão exige decisão e ação.

Lembre-se de Davi que se lançou a uma visão ao enfrentar Golias. Ele mesmo se entregou, sua visão era que nada podia fazer frente a Deus, ou

Pedro quando ouve o convite de Jesus para segui-lo andando por cima das águas não pensou duas vezes. Imagine a sensação para um pescador que sempre navega com seu barco por cima das águas e poder caminhar por elas como se fosse um de seus barcos. Por isso não tenhas medo de se entregar e lançar-te de cabeça na visão que Deus te deu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s