Adoração como arma de revolução- Pr. Uagner Nantes

Adoração como arma de revolução

Será que ainda precisamos ouvir Deus trovejar atrás do púlpito? Ainda precisamos de alguma enérgica profecia para endireitar nossos caminhos? Ou somos capazes de ler a emoção de Deus através de sua expressão facial?

Isaias 6: 1 a 8

Esse é um dos textos mais poderosos da palavra de Deus.

A bíblia diz que no ano que o rei Uzias morreu Deus aparece para Isaias.

É importante dizer que há uma grande chance de Isaias ter sido sobrinho do rei Uzias. E alguns historiadores dizem que Isaias até o dia que teve um encontro com Deus era uma espécie de profeta corrompido que profetizava aos reis, apenas aquilo que eles gostavam de ouvir.

O fato é que desde o dia que Isaias teve um encontro com Deus, sua vida nunca mais foi a mesma.

As pessoas que tem um encontro real com Deus nunca mais são as mesmas, não há como encontrar a gloria de Deus e depois virar as costas e esquecê-lo. Quando a gloria e a unção de Deus se manifestam tudo muda.

Unção- é a revelação que recebemos acerca de Jesus por intermédio do espírito santo, e sobre essa revelação nos movemos.

Muitas vezes depois que recebemos dele a unção onde nos preparamos pra ele, nos banhamos em sua presença e depois de tudo isso que fazemos é desfilar para homens. O propósito da unção não é buscar aprovação dos homens mas do rei.

Ester 2.15 “Chegando, pois, a vez de Ester, filha de Abiail, tio de Mardoqueu (que a tomara por sua filha), para ir ao rei, coisa nenhuma pediu, senão o que disse Hegai, camareiro do rei, guarda das mulheres; e alcançava Ester graça aos olhos de todos quantos a viam”.

Acima de qualquer coisa um adorador entende que adorar é colocar Deus no lugar dele colocando si próprio em seu lugar. Para isso é necessário morrer. Observe que no verso Isaias lembra de Êxodo 33.20 onde Deus diz que Ninguém que visse a Deus ficaria vivo.

No novo testamento morte equivale a arrependimento, quebrantamento e humilhação diante de DEUS, mudança de conduta.

“O sepultamento da glória do homem é o nascimento da glória de Deus” Tommy Tenney

Para que a vontade do rei se cumpra a minha tem que ser deixada de lado. Assim que podemos entender que só há duas formas de ter a plenitude da presença de Deus.

1ª Morrer

2ª Seguir onde Deus esta

Quando os hebreus estavam no deserto e eles montavam acampamento, eles tinham que erguer o tabernáculo que era o sinal físico que Deus estava com eles. Porem quando a nuvem ou a coluna de fogo se moviam eles tinham que levantar acampamento e seguir a nuvem

O problema é que hoje queremos que Deus se manifeste onde nós estamos, e não estamos disposto a andar em direção onde ELE esta se manifestando.

Isaias pensava que podia manipular a Deus, até que ele se posiciona no lugar onde Deus estava se manifestando e ai o encontro foi inevitável e extremamente poderoso.

Ninguém adora a quem não conhece, adoração é a resposta a um conhecimento, por isso para que adoração provoque mudanças precisamos conhecer profundamente a quem estamos adorando.

No evangelho de João 4.22 Jesus diz a samaritana “Vos adorais o que não sabeis”. Ou seja Jesus estava dizendo que não se adora a quem ou a que não se conhece.

Por isso que adoração é a resposta do conhecimento não apenas teológico mas intimo que temos sobre Deus.

Sua presença é Indivisível (não se pode dividir)

Deus não pode dividir em sua essência, porque não é uma matéria. Ou seja, mesmo que essa presença consiga encher a cada um de nós de maneira individual, essa presença não se pode dividir.

Salmos 102: 25 a 27 “Desde a antiguidade fundaste a terra, e os céus são obra das tuas mãos. Eles perecerão, mas tu permanecerás; todos eles se envelhecerão como um vestido; como roupa os mudarás, e ficarão mudados. Porém tu és o mesmo, e os teus anos nunca terão fim.”

Sua presença é imutável. Malaquias 3:6 “Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.”

Deus não muda e não se divide. A mudança não é parte da vida de Deus, tudo esta bem em Deus.

Ou temos a essência plena de Deus, ou não temos Deus em nada nas nossas vidas.

Não há misturas na presença de Deus. Mesmo que Ele consiga encher a todos, sua presença sempre continua a mesma. Essa presença enche todas as coisas, mas continua intacta. Um exemplo a luz do sol e o ar, ou uma esponja no mar.

Assim como o filho pródigo não precisou banhar-se para encontrar-se com seu pai, assim é Deus; Ele não se suja com nossos pecados.

O efeito de sua presença faz o mundo funcionar, ou seja há um efeito sobre a criação. O universo e todas as coisas que Ele criou continuam funcionando porque Ele continua mantendo as coisas como estão.

Até hoje nunca tivemos a ausência de Deus. A pior coisa do inferno é que é o único lugar onde a presença de Deus não esta, ou seja, quem ali estiver estará vivendo uma vida fora da presença de Deus.

Jeremias 29:13 “E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.”. Deus esta se dando a conhecer, quanto mais buscarmos a Deus mais o conheceremos. Deus esta disponível a todos.

Cada época da existência do universo pôde presenciar a manifestação efetiva da presença de Deus. Atos 17:26 que diz: “E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação; Para que buscassem ao Senhor, se porventura, tateando, o pudessem achar; ainda que não está longe de cada um de nós;” Nos esta dizendo que Deus quer dar-se a conhecer. Ele não apenas busca ser conhecido como também a conhecer.

Em cada geração Deus sempre se manifestou para um grupo de pessoas.Ou seja em cada geração Deus decidiu mostrar “Assim sou Eu”. O erro que não podemos cometer é buscar apenas em sentir a manifestação da presença de Deus, pois isso é o que chamamos de adorar a adoração. Ou seja, desfrutar apenas da sensação que a presença de Deus causa quando a encontramos. Não podemos escapar da presença de Deus, pois não há meios de fugir de um ser Onipresente, mas o que sim podemos é fugir de onde Ele escolhe para a sua manifestação.

Deus esta em todos os lugares mas sua face e seu favor não estão voltados para todos os lugares. Ele concentra sua essência em lugares específicos.

Por isso que Nada na nossa geração muda até que um adorador se levante para trazer a presença de Deus.

Isaias não estava sendo confrontado por Deus, mas amado por ele.

Deus para Isaias antes que ele se metesse em encrencas. E a partir desse encontro a vida dele muda completamente.

A adoração causa uma revolução quando ela é gerada não por regras e preceitos, mas pelo conhecimento adquirido sobre Jesus.

A intimidade com o pai faz com que ELE se sinta traído por nós o ponto de manifestar-se tal como é.

Isaias teve sua vida revolucionada por Deus no dia que morreu para si mesmo e alinhou seus passos aos passos de Deus. Ele foi considerado o maior profeta messiânico no antigo testamento, não porque era bom, mas porque sabia onde Deus estava posicionado.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s