O rei abre as portas de seu palácio- Pr. Uagner Nantes

Isaias 2.1 a 5

Não há na bíblia um profeta tão Messiânico como Isaias.

É notório nesse capitulo que Isaias estava falando de Jesus.

Lembre-se que foi num monte que Jesus proferiu seus ensinamentos das Bem aventuranças. Em um monte Ele se relacionava com seu pai.

Foi num monte também que ele tentou encontrar uma outra opção de seu destino. E foi num monte onde ele foi pendurado em uma cruz. Isaias declara que no monte se firmara a casa do Senhor.

O monte que Isaias estava falando não era um pedaço elevado de terra, ou de pedra, mas um lugar acima de nosso pecado.

O nosso pecado nos afastou de Deus e a única coisa que Deus poderia fazer conosco era nos matar. Não havia possibilidades de viver com ele, porque Ele não se mistura com o pecado.

Deus então encontra um jeito de nos matar sem extinguir nossa existência. Para nossa alegria somos salvos da sentença de morte porque Jesus nos matou nele.

Ou seja, Fomos enxertados em Jesus, logo se ele morreu, nós morremos com Ele.

É poderoso Deus revelar que transformaria instrumentos de guerras em instrumentos de trabalho. Os instrumentos de guerra serão reciclados em instrumentos de agricultura, simbolizando uma vida plena de paz.

E isso porque nós que éramos inimigos de Deus, vivíamos em constante guerra contra Ele, hoje somos seus servos. Trabalhando para expandir a influencia de seu reino.

Jesus não vem ao mundo para iniciar um movimento, ou uma nova religião. Ele sempre deixou claro quer seja em parábolas, ou em seus ensinos que seu papel era trazer a influencia de seu reino.

O texto de Mateus 16:18 Jesus esta dizendo que levantaria pessoas que estariam dispostas a viver pela mesma causa que o levaria a morte.

No versículo 12 de Isaias 2 vemos Isaias falando sobre o dia do Senhor. Para muitos esse dia era apenas a figuração dos tempos do fim, mas para nós que cremos esse dia foi o dia que Deus descarregou toda sua ira em Jesus na cruz. Isaias não apenas consegue visualizar o fim dos tempos, mas visualiza o inicio do nossos tempos quando encontramos a vida em Jesus.

Tente visualizar essa cena: Os mesmos anjos que esperaram uma ordem de ataque para defender Adão e Eva no Edem de serem enganados, agora estavam esperando a ordem para defender o filho de Deus na cruz.

Mas nem em uma situação nem em outra Deus interferiu ele apenas emitiu sua sentença. “Onde houver pecado haverá morte”.

Jesus estava na cruz. O filho de Deus esta entregue. A cerimônia de entrega que tantas vezes foi ensaiada com cordeiros animais, e até mesmo com Isaque, agora é real.

Não eram os soldados que o conduziam até a cruz, não eram as cordas que o prendiam, e tão pouco foram homens que o sentenciaram. Não foram os pregos que o prendiam na cruz, mas o amor dele.O inocente precisa morrer para que os moribundos encontrem vida.

Era isso que Isaias via. Era isso que ele esperava. Ele sabia do juízo de Deus, mas entendia perfeitamente o quão misericordioso era Deus.

O texto do capitulo 2 fala do juízo de Deus a um povo pecador que se afastou de Deus. Mas não tenha duvidas em crer que esse texto fala também dos melhores planos de Deus acerca de seu povo.

Mas nunca duvide do amor que Deus tem por você. Nunca duvide das promessas dele. Apenas creia que por meio de Jesus as portas do palácio foram novamente abertas e temos acesso a sala do trono.

Morremos com Ele para juntamente com Ele viver.

A única coisa que precisamos entender é que Deus quer que o conheçamos e o façamos conhecidos.

Entre no palácio e o conheça. Volte seu coração para Ele e permita que Ele o conquiste novamente.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s