Derrubando Gogantes 7o dia – Pr. Uagner Nantes

Derrubando Gigantes 7º dia

1 Samuel 17: 50 a 54

De um lado vemos Golias que estava preparado diante de um Israel que não estava. Esse era o desafio quem ganhasse a luta seria dono de todo uma nação da qual pertencia o oponente derrotado.

Ele passa 40 dias insultando, provocando, gabando-se e fazendo suas reivindicações ecoarem de um lado a outro na montanha

Do outro lado Saul que além de ter uma armadura e não querer usar tenta transfere a responsabilidade que era sua para um menino inexperiente nas batalhas, e o ultimo lado estava Davi que mesmo sem ter nenhuma obrigação com aquela batalha decide enfrenta-la e para não ofender o rei veste sua armadura, mas logo vê que não lhe servia.

A armadura de Saul foi feita sob medida para ele, e foi testada e aprovada por Saul. Porem a armadura feita para Davi era invisível aos olhos humanos pois era forjada na solidão dos campos tecida na intimidade com Deus, na comunhão, no tempo que passou diante dEle.

Por isso é fundamental um derrubador de gigantes saber tirar de si as armaduras que não esta acostumado usar pois não lhe pertencem .

O fato é que Davi diante da nação era o homem errado, para tarefa errada e com as armas erradas. Quem acreditaria em Davi? Deus acreditou. Mas a mesma confiança que Golias tinha em sua experiência e na vantagem de seu tamanho Davi tinha em Deus. Quem escutava o pequeno guerreiro falando poderia até pensar que ele é que era o gigante e não Golias.

Golias corre em direção a Davi amaldiçoando Davi, mas Davi não tinha ouvidos pra Golias pois seus ouvidos estavam ocupados ouvindo Deus.

Davi corre em direção a Golias e só abaixa a cabeça pra Golias pra pegar a pedra no alforje e colocar na funda. Lança e acerta o alvo Golias cai morto e Davi corta a cabeça do gigante valentão.

Ao cortar a cabeça do gigante no vale de Elá que significa “vale da afronta” Davi esta dizendo Sua intenção fracassou; Maior foi Deus do que o herói filisteu; Nunca mais, este gigante falará novamente. Quando se corta a cabeça do gigante a voz da ofensa é anulada. Quando se corta a cabeça do gigante, a memória da vergonha e da afronta é deletada. Se Davi não se comprometesse com o desafio seria apenas mais Um rei sem trono.

Davi via Golias como uma chance de Deus se mostrar. Ele sabia que sairia da batalha? Não. Mas ele estava disposto entregar sua vida pela reputação de Deus. (Max Lucado)

Além do conhecimento que tinha sobre enfrentar desafios pois havia enfrentado a rejeição da sua família, a fúria de um urso e de um leão e estava trabalhado para um rei endemoniado (quer maior desafio que esse?)Davi tinha convicção que enquanto andasse ao lado de Deus qualquer desafio poderia ser vencido. Conhecimento sem convicção é apenas uma ilusão.

Escreva as preocupações de hoje na areia e grave as vitorias de ontem na pedra.

Davi anestesiou o gigante porque provocou a Deus.

O resultado foi um gigante morto, uma nação livre e um exercito inimigo vencido.

E o melhor de tudo ao final da batalha sobraram os despojos.

Um exercito covarde se torna o mais corajoso de todos por ter visto o exemplo de um jovem pastor que acreditou e se arriscou por causa de um Deus.

Davi ensina que não são os grande homens que transformam o mundo , mas sim os fracos e pequenos que se lançam nas maos de um grande Deus.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s