Vivendo a liberdade – Pr. Uagner Nantes

Vivendo em liberdade

Gálatas 5: 13 a 15

Esse texto fala de três coisas fundamentais: liberdade, libertinagem e amor ao próximo.

Liberdade- Direito de proceder conforme nos pareça, contanto que esse direito não vá contra o direito de outrem.

Libertinagem- Que ou quem revela um comportamento moralmente desregrado, centrado nos prazeres sexuais. Que ou aquele que rejeita regras ou preceitos religiosos. adj. 3. Que revela falta de disciplina. = INDISCIPLINADO, NEGLIGENTE.

São palavras que parecem ter o mesmo significado, mas se diferenciam por um detalhe. A liberdade é o direito de fazer o que quiser. Já a libertinagem é o abuso desse direito.

O apostolo Paulo esta falando que Cristo sim nos libertou e nos salvou porem, abusar desse direito de liberdade e portar-se de maneira egoísta sem amor ao próximo nos torna escravos de novo. É como se essas três coisas estivessem ligadas. Então o que fazer para desfrutar dessa liberdade sem perdê-la? 3 Passos para desfrutar da liberdade:

Livre-se da auto justiça – A auto justiça é a armadilha que nos distancia da graça. Uma religião legalista faz com que o indivíduo se concentre no desempenho pessoal (e muitas vezes no desempenho dos outros) e não na comissão evangélica. Atitudes legalistas podem levar ao orgulho e à arrogância aqueles que são tão cegos que realmente se consideram santos o suficiente para ser salvos. Outra consequência muito ruim é que as atitudes legalistas podem levar ao desânimo e desespero os que percebem que estão muito longe do padrão divino. A religião é o aquário que nos prende e nos impede de nadar no oceano da graça. Mark Driscoll diz:Você pode ter sido batizado na igreja, criado na igreja, servido na igreja. Pode ser que tenha se casado na igreja, morrido na igreja, ter sido velado na igreja e ainda assim acordar no inferno caso esteja meramente na igreja e não em Cristo..

Não abuse da graça – A bíblia fala que os que amam o mundo se tornam inimigos de Deus (Tiago4:4 e 1 João 2:15). A característica primordial daqueles que vivem em espírito, é que não se identificam mais com o pecado. Quando Jesus diz em Mateus 6: 13 Não nos deixe cair em tentação, e livrai-nos do mal o que ele queria dizer? Que nós saímos da rebelião e não queremos voltar. Nós saímos da rebelião e não queremos voltar pra rebelião. Ai pra voltar pra La só se agente cair em tentação. E tentação é assim o diabo não pode vir onde nós estamos porque estamos em cristo Jesus, porem ele pode convidar agente pra ir onde ele esta, e é o que ele faz sempre. E ele acena com um bocado de coisa pra gente pensar que o melhor esta La com ele e não ta La, ele esta nas trevas profundas e não tem coisa nenhuma.

E livra-nos do mal diz respeito a que o rebelde não tenha em nós nenhum ponto de apoio.

Ou seja, que o rebelde não tem nada em mim que ele possa se apoiar para que ele possa promover a rebelião dele.

Mantenha o amor ao próximo – Grandes homens e mulheres da Bíblia não foram grandes pelo que ganharam e possuíram: o sonho deles era fazer alguma coisa que beneficiasse outros. Atos 2: 1 a 6 – a bíblia diz nesse texto que “Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar e com o mesmo propósito”. Pentecostes era uma festa que acontecia 50 dias depois da Páscoa. Qual é o milagre aqui? Primeiro que o senhor esta permitindo os discípulos falarem o que não sabiam numa língua que não conheciam, segundo que o senhor esta traduzindo o que eles estão dizendo pras pessoas que estão presentes. O Espírito Santo estava sendo derramado. O espírito faz agente falar a mesma língua, por isso ele provoca unidade que provoca Deus para derramar de si.O Espírito Santo é o grande tradutor e ele não só traduz Deus aos homens, mas nos traduz pra Deus e também nos traduz uns aos outros.

A trindade tem uma mensagem e quer ser entendida. Nem sempre será fácil, às vezes Deus permitira que o diabo use o próximo para nos afrontar ou nos ofender, e até nisso e Deus terá um propósito maior.

Então o amor ao próximo é a forma como Deus testa nosso cristianismo. A forma como Deus testa o nosso cristianismo é através da ofensa. (2 Samuel 16: 5 a 13) A ofensa desperta os frutos ou os anti frutos que há dentro de nós. Gálatas 5:22 – Diz acerca de uma natureza regenerada por conta da submissão a cruz de Cristo.

Eu fui liberto por Cristo, logo tenho o dever de buscar em Deus a regeneração da minha natureza egocêntrica para que ela se torne Cristocêntrica. Perco a liberdade quando abuso de seus direitos. Ser Cristão não é ter a uma vida religiosa, mas, se submeter a Cristo para que ele regenere nossa natureza caída que nos escravizava, e nos dê a liberdade principalmente de escolher não pecar. Desfrute da liberdade sem libertinagem, utilizando do amor ao próximo como forma de equilíbrio para não perder a liberdade que foi conquistada. A forma de desfrutarmos da liberdade que Cristo nos dá é entregando a ele a nossa liberdade. DÊ PRA DEUS A ÚNICA COISA QUE TALVEZ ELE NÃO TENHA: A SUA VONTADE!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s