O milagre está em casa – Pr. Uagner Nantes

O milagre esta em casa

2 Reis 4.1-7

Veja a situação; uma mulher que já não tinha mais marido e tinha que criar os filhos sozinha. Por ser mulher numa sociedade machista ela não conseguia emprego. Logo o inevitável aconteceu. Os recursos acabaram, e as dividas não. O dinheiro deixou de vir, as contas a pagar não. Possivelmente essa divida já existia antes de seu marido morrer, e assim que ele morreu essa divida não morreu com ele e como não se cancelava recaiu sobre ela e seus filhos. E aí o pior aconteceu, por conta de sua divida a liberdade de seus filhos estava sendo ameaçada.

De acordo com o historiador Flavo Josefo, “a viúva desta história era a esposa de Obadias, o mordomo de Acabe em 1Reis 18. O motivo de a família estar endividada era que Obadias havia sustentado os 100 profetas do Senhor que ele escondera de Acabe e Jezabel”. Essa viúva então é aprova que não estamos imunes a passar por tribulações, não é porque eles eram parentes de um profeta que eles não passariam por provas.

Ela então vai ao profeta e o profeta então faz a pergunta que determinou todo o resto da historia: “o que é que você tem em casa?”.

A reposta foi não tenho nada “se não” uma vasilha de azeite. Os recursos eram tão poucos, que diante da dívida não resolviam em nada. Mas ela não se deu conta que ela tinha algo. O milagre começou com o que ela tinha.

O azeite é o óleo tirado de azeitonas. Tem muitas utilidades, mas acima de tudo era usado como alimento, como remédio e como combustível. Eram as três coisas que lhe estavam faltando (sustento, consolo por causa marido que havia morrido e força pra lutar pela vida e pelos filhos).

Ela tinha algo precioso em casa, faltava apenas apresentá-lo a Deus para o milagre se manifestar. O problema não é nem tanto que nós não temos o que precisamos, é que nós ainda resistimos em apresentar a Deus o que temos para que ele faça do pouco que e tenho necessário para o milagre.

Quantas vezes nós ouvimos ah pastor, mas é que orar só não adianta… Isso porque agente não se da conta que depende pra quem você esta orando.

Em 1 João 5:14, 15 “E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos.” Orar é ter certeza de estar usando uma procuração para modificar as coisas importantes.

Aquela mulher pensava que não tinha mais nada de útil, e nem percebeu que já tinha tudo o que precisava.

Quando os problemas crescem, desprezamos até o pouco que temos.

Os discípulos falaram: ” tem um rapaz com 5 pães e dois peixes; mas que é isso para tantos”? (Jo 6.9). Para o Senhor bastou. Para Israel o mar era o problema, para Deus era o caminho e arma para afogar os inimigos. Para Israel Golias era um inimigo invencível, para Deus era a oportunidade de inserir Davi na família real.

Para a família de José, ele era um empecilho e um estorvo, por isso tinham que se livrar dele, para Deus José era a resposta de oração de uma nação que iria passar necessidade.

Deus pode transformar o seu problema em solução e o seu fracasso em vitória.

Outro ponto importante foi os detalhes das recomendações e das condições para o milagre. 1) Peça muitas vasilhas emprestadas (tem de ser vazias); 2) Entra na sua casa 3) Fecha sua porta com os filhos dentro (por favor); 4) E distribua o azeite nas vasilhas emprestadas. 1) Pedir emprestado- ato de submissão e humildade de reconhecer que o que temos vem de Deus (GRAÇA)somos apenas administradores; 2) Entrar em casa- Crer na multiplicação do recurso que já existe; 3) Fechar a porta- Esconder a vida em Deus; 4) Distribua o azeite.

Outra lição foi que ela aprendeu é que o milagre não tem limites.

O profeta que conhecia bem o seu Deus, mandou que a mulher arranjasse vasos, “não poucos”, Efésios 3:20 diz que “Ele é poderoso para fazer infinitamente mais…”.

Ai entra a coragem de uma mulher que já devia tanto na praça de ter de pedir aos vizinhos, vasilhas vazias. E como ela estava em um ambiente de graça mesmo ela em divida eles emprestaram.

Nesse ambiente da graça os corações são transformados, nesse ambiente da graça, os corações vão sendo amolecidos; a pedra vai dando lugar a carne. Os corações vão se abrindo as mentes vão se abrindo um novo espírito aparece, e as possibilidades se tornam infinitas e o amor se estabelece “graça”.

O ambiente que faz as pessoas fazerem o que tem de fazer sem entender muito bem o que estão fazendo, mas com plena consciência que estão fazendo.

O azeite jorrou na proporção da obediência, da fé e da ação.

Fé é a certeza de coisas que se esperam e convicção de fatos que não se vêem. Como alguém pode ter certeza do que espera se ele não tem mais do que agora? Como que alguém que só tem agora pode ter certeza do que espera? E como é que alguém pode ter convicção de fatos que não se vêem? Se não se vêem por que são fatos? Porque fato é feito, fato é realizado, fato é passado, então fé é certeza de futuro e convicção de passado que não foi visto. Então o que é fé? Fé é um milagre, é resultado de ter tido um relacionamento com alguém de quem não se pôde duvidar. Quando disseram: “Não há mais vasilhas. Então, o azeite parou”. Enquanto se tem vaso o azeite jorra. Pode ser que o seu milagre ainda não chegou por falta de vasilhas. Ou pode ser ainda que você esteja desprezando o pequeno vaso de azeite que você ainda tem e não se deu conta que o milagre esta dentro de sua casa.

O certo é que precisamos crer que muitas vezes o milagre esta bem mais perto do que esperávamos.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s