Um Caminho Compartilhado

caminho compartilhado

“Deus amou tanto o mundo que deu seu Filho, seu único filho, pela seguinte razão: para que ninguém precise ser condenado; para que todos, crendo nele, possam ter vida plena e eterna. Deus não se deu ao trabalho de enviar seu Filho apenas para poder apontar um dedo acusador e dizer à humanidade como ela é má. Ele veio para ajudar, para pôr o mundo nos eixos outra vez. Quem confiar nele será absolvido, mas quem não confiar terá sobre si, sem o saber, uma sentença de condenação. E por quê? Porque não foi capaz de crer no único Filho de Deus quando este lhe foi apresentado.
Esta é a situação: a luz de Deus invadiu o mundo, mas a humanidade inteira correu para as trevas. Fugiram porque não estavam interessados em agradar a Deus. Aquele que pratica o mal, é viciado em negar a realidade e iludir-se e odeia a luz de Deus não vai querer se aproximar dela, para não ser submetido a uma exposição dolorosa. Mas quem crê e vive na verdade e na realidade recebe de coração a luz de Deus, de modo que sua obra pode ser vista, pois é a obra de Deus.” João 3:16 a 21 (Bíblia “A mensagem”)

É impossível conhecer a Cristo e continuar nas trevas. Não tem como andar com Jesus, ouvir suas verdade e querer encobrir os seus pecados. Jesus nos chama para andar sob a sua luz exatamente para vermos onde estamos errando, onde podemos melhorar, e nos mostra exatamente o que temos que consertar.

Comumente encontramos pessoas ditas cristãs a todo momento errando e escondendo os seus erros sem nenhuma intenção de arrepender-se deles e mudar.

Querem mostrar que tem uma vida com Deus mas ao mesmo tempo que mostram ter uma vida dupla. Todos estão sujeitos a errar, o ser humano erra, mas o relacionamento com Deus faz o pecado doer e entristecer.

Quando a amizade com Deus é mais importante que as minhas vontades, eu descubro que escolhi caminhar com Ele, escolhi não me esconder mais nas trevas, escolhi não ocultar mais meus pecados e nem deixá-los guardados como “pecado de estimação”.

A gente sabe que ama alguém quando vira o mundo de cabeça pra baixo para estar junto, andar junto e fazer o outro feliz.
Vida com Deus é um relacionamento tanto quanto outro que você possa ter com um ser humano, com a diferença que num relacionamento com Ele você tem a certeza que é incondicional e sempre estará lá. É um amor que não acaba!

Em Deus você tem um Pai, um amigo, um irmão e vai vivenciar isso um de cada vez ou todos juntos, tudo vai depender da sua caminhada com Ele porque relacionamento com Deus é isso: escolher andar o caminho da sua vida com Ele, dar cada um dos seus passos com Ele, de mãos dadas, sentindo a segurança de ser cuidado.

Algumas vezes aparecerão obstáculos nesse caminho: uma pedra, uma valeta, um buraco causado pelo tempo. Nesses casos teremos a Ele para segurar mais forte em sua mão e passar por cima deste obstáculo, algumas vezes os obstáculos nos farão tropeçar e cair, vai esfolar joelho, cotovelo, pé, vai doer. Algumas vezes será apenas uma pele ralada, outras será um machucado de verdade. Nesses momentos, quando sentimos dor por algo que aconteceu ou que escolhemos que acontecesse, tropeçamos, erramos e temos a tendência natural de ficar olhando pra baixo, olhamos para o caminho como algo distante e esquecemos de olhar para o alto, ali ao lado, Jesus andando com a gente, com a mão estendida, esperando apenas que estiquemos a nossa para continuar andando com Ele. Os machucados e ralados continuarão lá, isso sara com o tempo, mas sempre teremos duas opções: parar onde estamos e continuar nos machucando ou deixar que Ele cuide de andar com a gente, nos fazendo rir e esquecer da dor.

O amor de Deus continua no mesmo lugar, imenso, enorme, indescritível, esperando apenas que queiramos voltar a andar com Ele. Quando escolhemos andar com Ele, escolhemos andar sob a sua luz e é exatamente ela que nos mostra os obstáculos.

Quando ouvimos falar quem é Jesus, ouvimos falar do amor de Deus, mas olhamos de longe o que poderia ser um caminho incrivelmente doce e escolhemos andar sozinhos em um caminho escuro e que certamente esconde pedras, buracos e obstáculos que vão nos machucar.

Talvez você já tenha andado um tempo com Jesus e, por vergonha de ter tropeçado ficou no chão procurando um lugar escuro para se esconder, sua vergonha te impediu de olhar pra cima e ver que as mãos dEle continuam estendidas, que Seu olhar continua sendo de amor e que Ele continuará sempre disposto a andar ao seu lado. Você só precisa escolher estender sua mão para Ele te puxar de volta para perto dEle. Os machucados serão sarados instantaneamente? Não, eles levarão um tempo ainda para isso, mas qualquer dor perde espaço para um abraço apertado de um Pai, um olhar de compreensão de um Irmão e uma piada contada por um Amigo!

Deixe Ele ser tudo isso, escolha andar com Ele e você nunca mais se sentirá sozinho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s