Gerados na graça

mensagem---Gerados-na-graça

por Pr. Uagner Nantes

“Portanto, já que estamos recebendo um Reino inabalável, sejamos agradecidos e, assim, adoremos a Deus de modo aceitável, com reverência e temor, pois o nosso “Deus é fogo consumidor!” [Hebreus 12:28,29]

Uma coisa que precisamos saber para entender o que o escritor misterioso de Hebreus estava querendo dizer é que, ao que parece, os cristãos daquele tempo eram cristãos que estavam pensando em deixar seu relacionamento com Cristo para voltar a viver sob a Lei de Moisés. O mesmo sentimento dos hebreus no deserto que estavam sempre com saudades do Egito. Então o escritor de Hebreus estava determinado a mostrar aos seus leitores que escolha tola seria essa.

O livro de Hebreus foi escrito claramente para ouvintes conhecedores das Escrituras do Velho Testamento e, especialmente dos rituais de sacrifícios da Velha Lei. É evidente que os leitores pretendidos eram judeus cristãos (por exemplo, 3:1; 4:14-16). Eles tinham sofrido alguma perseguição, como resultado de sua fé e alguns, provavelmente desanimados por suas tribulações ou em dúvida sobre seu compromisso com Cristo, estavam pensando em voltar para o judaísmo. Outros já tinham deixado de reunir-se com seus irmãos (10:19-39).

E o que propõe o escritor desse livro é que não somente Jesus é um Legislador e Sumo Sacerdote superior, mas sua aliança é superior à Aliança Mosaica (capítulos 8-10). De fato, “melhor” é a palavra chave do livro (1:4; 7:22; 8:6, etc)!

É por conta do sofrimento que muita gente não resiste e acha que vai sofrer menos sem Cristo. E essa talvez tenha sido a desculpa de tanta gente que abandonou o cristianismo. A pergunta é sempre a mesma: “Se Deus existe, por que que há tanto sofrimento, e por que Ele nos deixa sofrer?”. Na verdade a gente sofreria ainda mais se Ele não tivesse feito o que fez na cruz.

O que precisamos entender é que sofrimento é a realidade assumida após a queda, e que Cristo não nos propôs uma vida com Ele sem sofrimentos nessa Terra, mas uma vida em que pudéssemos resistir a quaisquer tipos de sofrimentos, tendo garantida a tão sonhada vida sem sofrimento ao lado dEle na glória, onde de fato Ele reina plenamente e não há espaço para o sofrimento (João 16:33).

Então, ser vencedor ou mais que vencedor em Cristo Jesus não é deixar de sofrer, mas nunca ser derrotado por nenhuma espécie de sofrimento.

E essa é a proposta do escritor de Hebreus, ressaltar a diferença entre o que a Lei oferecia e o que o cristão possui em Cristo. Em vez do terrível Sinai para alguns, a graça para todos. Os filhos de Deus gerados na graça são conduzidos a uma classe mais elevada de bênçãos. São convidados a escalar a montanha da graça, a entrar pela fé na “cidade do Deus vivo”.

Precisamos entender que o Céu não é o nosso destino, mas sim a nossa origem.

Então qual é o papel da graça do “Deus fogo consumidor”? Aperfeiçoar-nos para o grande encontro com o Pai (Hebreus 12: 14).

Deus sendo O fogo consumidor fala do foco em Sua santidade, ou seja, é uma expressão de Sua natureza pura. Fala da advertência ao Seu julgamento? Sim, mas acima de tudo fala da combustão que há no encontro da essência pura de Deus com as impurezas de nossas imperfeições e pecados.

Em Efésios 1:4, a Bíblia diz que Deus nos elegeu nEle antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dEle em amor.

Quando Deus criou as plantas, Ele não disse “árvore, nasça!”, Ele disse “terra, produza árvores”, por isso, quando você tira uma árvore da terra ela morre, porque ela é desligada da fonte de vida. Quando Deus criou os peixes, Ele não disse “peixe, nasça!” Ele disse “água, rios, mares produzam os seus peixes”, quando você pesca e tira o peixe da água, ele morre porque foi desligado da sua fonte. Mas eu e você Deus não terceirizou, Deus não mandou ninguém fazer, Ele disse “façamos nós o homem à nossa imagem e à nossa semelhança”, então agora nesse ambiente de graça estamos religados Nele e por isso eu posso entender que agora o Céu não é mais meu destino, o Céu é a minha origem.

Sabe por que nada nesta terra nos satisfaz? Porque simplesmente não pertencemos a ela. Você tem uma origem e um dia você vai ter que acertar as contas com essa origem que te criou a partir dEle, depois entrou em sua vida e nunca mais se separou de você.

É por isso que Jesus disse em Mateus 7:18-20 – Árvore que não dá fruto é jogada no fogo. Ou seja, temos uma ampla responsabilidade com a fonte de nossa origem.

“Ninguém entrará no reino dos céus sem ser santificado na terra.” [Hebreus 12:14]

Nossas imperfeições, falhas e pecados contrastam com a Sua perfeição. Mesmo assim ao invés de nos destruir com seu fogo santo, Ele nos renova e purifica. Então podemos, não apenas nos aproximar dEle por causa de Jesus, mas nos aproximar dEle ao viver por Jesus no nosso mundo Hb 13.

É por meio da graça que podemos nos relacionar com Deus, e que mesmo sendo o fogo consumidor, Ele não nos destrói. Ele consome apenas o que há de mal dentro de nós.

O fogo de Deus tem o papel primordial de nos aperfeiçoar. Por isso temos a impressão de sofrermos tanto ao andarmos na vontade de Deus, na verdade sofreríamos ainda mais longe dEle. Sem Deus, apenas acreditamos ter a falsa opção de fugir do sofrimento quando ele está insuportável, mas com Deus, como diz em Salmos 23:4, Ele me leva a andar no vale da sombra da morte para enfrentar, e ao enfrentar, relativizar o mal, pois Ele mesmo vai comigo.  

Então comece hoje uma vida de intimidade, entre no coração em chamas de Deus, mergulhe fundo. Vá ao coração dEle e descubra coisas que ainda não estão na vida das pessoas, deixe que a Bíblia crie vida em você.

Por que precisamos saber que Deus é fogo? Porque Ele quer nos incendiar por dentro e por fora. Se nós incendiarmos, não vamos mais correr atrás de incêndio. Ou seja, se tivermos nossas próprias experiências com Deus, não necessitaremos correr atrás dos sinais, porque nós seremos os sinais.

Para que serve uma sarça? Não serve para nada, não faz raiz profunda, não dá sombra e não dá frutos, mas ela queimou, e porque ela queimou, ela atraiu um homem que libertou uma nação inteira.

Deus só está pedindo pra você queimar, é só isso. Queime. Deixe Deus ser Deus através de você, deixe Deus manifestar os céus através de você.

E esse Deus, que se revela na figura do que for necessário, seja fogo consumidor, água da vida, pão da vida, pedra de esquina, entre tantas outras analogias e figuras, é o único capaz de mudar consciências e levar pessoas ao céu. 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s