páscoa

Quem é a páscoa?

 

Êxodos 12: 41 á 43

Nesse texto temos o relato da última praga enviada sobre o Egito e uma das maiores figuras da redenção das Escrituras manifestas em um ritual detalhado e profundo que testemunhava não só o que aconteceria ali, mas o que aconteceria séculos depois á partir do sacrifício do cordeiro que satisfaria o principio da justiça.

Um cordeiro que seria sacrificado não apenas para a comemoração da saída da escravidão, mas como também conservação da vida, pois o sangue desse cordeiro decoraria os umbrais das portas e seria por sinal nas casas que deveriam ser evitadas pelo anjo da morte (casas que o anjo saltaria “pasach)”. Representando que os que são lavados pelo sangue do cordeiro relativizam a morte e não temem mais o seu poder. Quando as mãos de Deus estão sobre um povo, o mal salta sobre esse povo. Satanás não pode atingir os eleitos de Deus. Deus é o nosso Jeová Nissi, ou seja, ele é a nossa bandeira. Quando satanás nos avista de longe, a única coisa que ele enxerga é uma enorme bandeira que significa que somos propriedade exclusiva de Deus. E quando ele vê isso não há nada que ele possa fazer.
E Agora o povo que não era considerado na história agora poderia sair da terra de sua escravidão como um exército do Senhor. Talvez comece aí a páscoa, Porque assim como eles nós não estávamos sendo considerados no universo, as nossas palavras e a nossa vida não tinham nenhum significado porque todo significado da vida tinha ficado na mordida de um fruto proibido e na desobediência de duas pessoas que acreditaram assim como nós muitas vezes acreditamos que Deus não é suficiente. Tua maior tentação hoje não será algum pecado horrível, mas a desconfiança sorrateira e sutil que se arrasta no teu coração sussurrando: se deleitar em Cristo não é suficiente. Josemar Bessa. Aliás, a maior constatação da nossa depravação é que enquanto Deus tem nojo do pecado nós ainda temos nele um grande prazer. (mais…)

O valor de um rei (Mensagem de Páscoa)- Pr. Uagner Nantes

O valor de um rei

João 12: 2 a 8

Quanto vale sua salvação?

Que situação! Faltavam 6 dias para a entrega do cordeiro de Deus. Todos os milagres que ele podia fazer e todas as provas de seu propósito na terra já haviam sido dadas.

E ainda assim as pessoas que andaram com Ele não haviam entendido nada.

Maria (não a Madalena) irmã de Lazaro entende isso.

Perceba que ela se adianta a necessidade de Jesus. A diferença de um crente comum para um adorador é que o crente comum esta sempre buscando suprir suas necessidades, mas o adorador entende que muitas vezes a adoração não esta ligada a musica, mas sim em satisfazer a necessidade de seu Deus. (mais…)

ELE VIVE !!! Pr. Uagner Nantes

Lucas 24: 5

O que mereceria alguém que sempre esteve a disposição para sanar necessidades?

Com certeza a dor e a cruz não seriam grandes recompensas.

Jesus nada mais fez em toda vida que se doar, e seu premio foi a dor e a morte no pior e mais cruel lugar de todos os tempos; “A CRUZ”.

“Desce da cruz” eram as afrontas de um povo que mais do que ninguém viu seus milagres. Soldados judiaram de seu corpo de sua moral.

E num momento de total humanidade o homem Deus pede água e lhe oferecem uma espécie de entorpecente para que ele pudesse sentir menos dor, e a isso ele se recusa.

Diante de seus pés soldados tiravam sorte sobre suas roupas . Homens que estavam tão perto da cruz, mas tão longe de Cristo, talvez como tantos ainda hoje. Talvez como pessoas que se dizem e se passam por seguidores de Cristo, mas que estão tão longe das coisas simples que Ele pediu. (mais…)

Num domingo qualquer – Pr. Uagner Nantes

Foi em um domingo aproximadamente 2009 anos atrás que os céus pararam para ver a maior história de amor, que nem hollywood e nem qualquer novela das oito poderá superar.

Poderia ser um domingo como qualquer outro, se não fosse o silêncio que mais uma vez foi quebrado com o cumprimento da promessa de um Deus em extremo amoroso. Os discípulos ja tinham perdido a esperança e se conformaram com a ideia de que Jesus foi mais um de tantos que passaram anunciando ser o Messias. Porque mais uma vez foi quebrado o silêncio?  Porque foi em uma noite calma e tranquila onde pastores não esperavam nada de surpreendente que o Rei dos reis nasceu em um lugar inesperado, e fora dos padrões. Foi nessa noite que o silêncio foi quebrado pelo choro de um bebê.

Após 33 anos de  vida o prêmio para uma vida de dedicação e amor ao próximo foi dado a Ele: “A CRUZ”. Esse foi o prêmio do mestre. Porém nem tudo estava perdido. (mais…)

A Ponte

Às vezes perdemos a noção do tamanho daquilo que Deus fez pra nos salvar. Não perca a oportunidade de ver esse vídeo.

Amor pendurado numa cruz

Ele olhou em volta na colina, e previu uma cena. Três figuras penduradas em três cruzes. Braços abertos. Cabeças pendidas. Elas gemiam com o vento.
Homens vestidos de soldados sentaram-se no chão, perto do trio…
Mulheres vestidas de luto acotovelaram-se ao pé do monte…faces estriadas de lágrimas.
Todo o céu preparou-se para lutar. Toda a natureza levantou-se para socorrer. Toda a eternidade dispôs-se a proteger. Mas o Criador não deu ordem.
“Deve ser feito…”, disse Ele, e retirou-se.
O anjo tornou a falar: “Seria menos doloroso se…”
O Criador interrompeu suavemente: “Mas não seria amor”.

(MAX LUCADO – In The Eye of the Storm)