Revogando uma sentença

II Reis 20: 1 a 11

Esse foi um dos reis mais bem sucedidos de Israel. Começou seu reinado aos 25 anos e reinou por volta de 29 anos. Ezequias começa seu reinado da melhor forma, começa fazendo uma limpeza no templo e como uma ferramenta útil nas mãos de Deus restaura a adoração; também convoca o povo para celebrar a páscoa em alto estilo. Além de tudo ele temia a Deus, era valente e criativo, extremamente diplomático e acima de tudo um incrível adorador, que buscava conhecer o coração de Deus.

Construiu estábulos e depósitos, fortificou varias cidades com muros fortes, construiu encanamentos no meio da cidade melhorando a qualidade de vida dos moradores levando água fresca a Jerusalém fez escudos e espadas, melhorando o armamento de seu exercito. Um grande exemplo de um administrador, talvez, um presidente dos sonhos de qualquer cidadão. O maior problema é que houve tanta preocupação em ser um melhor rei mesmo até do que seu próprio pai (que foi um péssimo rei), que em momentos cruciais em seu reinado, ele esqueceu de buscar a Deus, e fez alianças terríveis que trouxeram graves conseqüências em seu reinado. Ezequias recebe a ajuda de Deus, mas em um momento de seu reinado se esquece de quem estava por traz de seu sucesso. Alguém que perde a noção de quem realmente controla tudo (Deus), esta sem dúvidas condenado ao fracasso, não pelo castigo de um Deus mal, mas pelas conseqüências de más decisões.

E por desviar-se tanto de seu propósito de ser um bom rei e por todas as suas más escolhas, o rei Ezequias recebe a sentença de morte. (vs. 1 b) “… põe tua casa em ordem, porque certamente morrerás e não viverás”. Que péssima noticia para um rei que vinha tão bem com sua administração. A mensagem de Isaias é clara. Prepara seu velório e seu tumulo, compre suas flores, escolhe os seus sucessores, prepare-se para dar sua herança a alguém, porque certamente você vai morrer.

Geralmente em um julgamento para que haja a conclusão justa de um caso, toma-se todo cuidado de que todas as partes sejam ouvidas, mantendo um advogado de defesa e o outro de acusação, usando também um júri popular que cumpre o papel de julgar friamente uma situação influenciando a sentença final. Quando Jesus nos aconselha no livro de Lucas 6:37 sobre a reciprocidade que vem sobre nós quando julgamos alguém, na verdade era que, Jesus sabia que todo ser humano tem a péssima mania de adiantar um julgamento, pulando todas as suas etapas, e levando logo a sentença de condenação. Quando alguém nos conta sobre como nossa fama esta sendo deturpada por alguma pessoa, nós nem perdemos tempo em correr atrás dos fatos e ouvir os vários lados que uma historia pode ter, corremos logo para a parte final que é a condenação.

Ezequias havia passado por todos os processos de um julgamento celestial. Deus tomou o cuidado de se manter sempre observando os lados da história, porém para o bem de Ezequias, ou seja, para que ele não prejudicasse mais seu povo, Deus o sentencia a morte.

Ao contrario do que podemos pensar, isso não foi uma atitude de ódio, mas de amor, por Ezequias que estava se complicando muito mais ainda ao povo. Escolhas ruins levam a conseqüências piores. O grande rei, já estava doente, e a sentença que ele recebe, é que sua morte, que já era certa por causa de sua doença seria adiantada.

Agora, o que fazer quando fizermos varias escolhas ruins, e percebermos que os resultados dessas escolhas serão catastróficos? Como podemos reverter uma sentença de morte quando estamos recheados de promessas que ainda não foram cumpridas? Em alguns versículos desse texto, o rei Ezequias nos dá alguns passos para revogar uma sentença ruim.

1) Procure saber qual foi o exato local do erro: ou seja, o que te levou a errar, e não quem te levou a errar. Adão quando peca trata logo de achar quem era o culpado, e se esqueceu o que foi o culpado, o culpado foi o mesmo sentimento de satanás de ter os mesmos poderes de Deus (Gênesis 3:5).

2) Vire-se imediatamente para Deus (vs.2): Não espere que as coisas piorem para que você possa buscar a misericórdia de Deus a bíblia diz em, Provérbios 28:13 “… aquele que confessa seu pecado e o deixa, alcançará misericórdia”. Recorra rapidamente a Jesus que é seu advogado de defesa diante de Deus e ao imenso poder de sua graça. (II Crônicas 7:14)

3) Traga a sua memória somente o que te trás esperança (vs. 3)
Como já temos falado, a melhor forma de apagar uma má lembrança, é colocando uma boa no lugar. Em Lamentações 3:21 Jeremias roga a Deus que traga a sua memória afetada pelo sofrimento, algo que lhe trouxesse esperança. Assim que não perca tempo remoendo seu passado, olhe para Deus e ele lhe levará ao seu futuro.

4) Prepare-se para ter sua história afetada (vs.6)
Ezequias teve imediatamente sua sentença revogada, não que Deus tenha se arrependido de ter avisado ele sobre sua morte, mas foi Ezequias quem se arrependeu, não há um coração rendido que Deus resista (Salmos 51:17).

Deus continua o mesmo, no entanto, quando o homem muda sua atitude em relação à sua vontade, sua história é afetada imediatamente. Ezequias viu como Deus pode afetar a historia de um pecador que se arrepende. Assim como Pedro, Davi e tantos outros que foram afetados pela misericórdia de Deus. O relógio de Acaz que era uma torre que ficava no centro da cidade, marcando “a hora” através da luz solar que refletia a sombra da torre no chão dando a idéia de tempo, retrocede por uma atitude de arrependimento. Alguns comparam esse milagre, como aquele que Deus fez a Josué, fazendo que a terra (que gira em torno do sol) parasse para que Josué tivesse tempo para ter sua vitória. O tempo retrocede como um sinal que Deus estava dando mais uma chance (coisas rara) ao rei Ezequias.

O que realmente importa, é que esse texto nos mostra o poder sobrenatural do amor de Deus a sua criatura, e como Deus é capaz de mudar uma historia sempre que solicitado. Junto com a doença, o medo de Ezequias vai embora, e Deus da até uma formula para que suas feridas pudessem cicatrizar (vs.7). Não perca tempo, veja onde você errou, volte-se para Deus, e permita que ele cure suas feridas e te dê mais uma chance.

Anúncios

3 comentários

  1. Que bom que essa pregação foi postada aqui !!

    Eu estava no culto e foi benção…

    Nos ensina também que muitas vezes Deus faz coisas, não para nos trazer morte, mas para nos fazer voltar a Ele que é a verdadeira fonte de vida.

    Curtir

  2. Deus é grande em poder e gloria e justo para fazer com que aqueles que se arrependem do mal que praticam sejam novamente abençoados com seu amor.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s